COMPUTADORES EMBARCADOS


Um sistema embarcado (ou sistema embutido, ou sistema embebido) é um sistema microprocessado no qual o computador é completamente encapsulado ou dedicado ao dispositivo ou sistema que ele controla. Diferentemente de computadores de propósito geral, como o computador pessoal, um sistema embarcado realiza um conjunto de tarefas predefinidas, geralmente com requisitos específicos. Já que o sistema é dedicado a tarefas específicas, através de engenharia pode-se otimizar o projeto reduzindo tamanho, recursos computacionais e custo do produto.


Em geral tais sistemas não podem ter sua funcionalidade alterada durante o uso. Caso queira-se modificar o propósito é necessário reprogramar todo o sistema.


Sistemas como PDAs são geralmente considerados sistemas embarcados pela natureza de seu hardware, apesar de serem muito mais flexíveis em termos de software. Alguns exemplos de sistemas embarcados são: MP3 players, relógios digitais de pulso, semáforos, roteadores (alguns tipos), e etc.




MINI-COMPUTADOR RASPBERRY PI


Raspberry Pi é um computador do tamanho de um cartão de crédito, que se conecta a um monitor de computador ou TV, e usa um teclado e um mouse padrão, desenvolvido no Reino Unido pela Fundação Raspberry Pi. Todo o hardware é integrado numa única placa.


O Raspberry Pi é bastante utilizado como um computador embarcado por ter arquitetura SoC de baixo custo, mas também por conter um poderoso processador capaz de executar diversos tipos de tarefas dedicadas. Embora que o objetivo inicial era promover unicamente o ensino em Ciência da Computação básica em escolas. Hoje ele sendo também para: Hospedar sites, Nuvem de Armazenamento, Central de Aúdio-chat, Vigilância por Câmera, Servidor de Jogos, e etc.